Dicas para criação de cursos online I

Alguns instrutores da Udemy resolveram colocar no ar um curso gratuito, com dicas para os novos instrutores que estão iniciando no universo de criação de cursos online, e que querem utilizar a plataforma.

Criar Curso

O curso está sendo produzido, e deve entrar no ar no início do mês de junho.

Eu estou presente no curso com 3 aulas, e  vou postar aqui 3 artigos, cada um com um resumo de cada aula.

Nas aulas e nos artigos vou falar do processo de produção de cursos online, sobre roteiro, gravação e edição das aulas.

A proposta de montar este curso partiu de um dos instrutores, e foi abraçada por um time de mais de 20 instrutores dispostos a compartilhar suas dicas, seus desafios e as maiores dificuldades que encontraram quando iniciaram, e tem como objetivo a construção coletiva de dicas, com base na experiência acumulada na Udemy do Brasil, incentivando a publicação de novos cursos por novos instrutores.

Eu tenho 2 cursos publicados na plataforma: um preparatório para o concurso do Banco do Brasil (o curso passenobb) e um sobre a criação de cursos (o Criar Curso, que é meio que uma palestra gravada sobre o processo de criação de cursos online, prá quem ainda está iniciando).

E, no momento em que estou gravando estas aulas, estou produzindo outro curso, sobre a edição de vídeos com o programa DaVinci Resolve, um software de edição e finalização de vídeos, que deve invadir o mercado de produção de vídeos nos próximos anos, e é mais uma alternativa de ferramenta para a criação de cursos. Este novo estará disponível na plataforma em breve.

E foi por estar produzindo este curso sobre a edição de vídeos, que optei em falar sobre o tema aqui neste curso, além de gostar muito da edição de vídeos.

Antes de entrar no tema central desta minha Seção, eu queria dar uma passada rápida pelo processo de produção de um curso online.

Claro que a proposta não é ensinar o processo… apenas dar uma olhada panorâmica, para situar você neste labirinto de criação de curso.

No Criar Curso eu adoto uma metodologia de produção… que não é a única, nem a melhor… é a que eu adoto. Você vai encontrar outros autores com outros formatos de produção. Depois você decide qual é a fórmula que melhor se adapta ao seu objetivo.

No método que eu utilizo, eu divido a produção em cinco módulos:

Planejar, Produzir, Publicar, Divulgar e Vender… vou falar um pouco de cada uma delas…

O planejamento: a primeira etapa do processo… envolve a escolha e a decisão sobre o tema a ser abordado pelo curso que você está criando. Pode ser que você já tenha um (ou mais) conhecimentos que você gostaria de compartilhar com outras pessoas.

Ou pode ser que você queira criar um curso, mas ainda não tenha certeza do assunto que vai abordar… é prá isto que serve o planejamento… ajudar a definir qual é a forma de você impactar e ajudar outras pessoas com o seu conhecimento.

Ainda no planejamento você vai definir o seu cliente ideal… a sua persona, seu avatar… prá quem é que você vai criar seu curso? Quem é o seu cliente ideal?

Afinal ensinar alguma coisa só faz sentido se alguém precisar desse conhecimento. Não adianta ensinar o que você quer ensinar… tem que ensinar o que as pessoas estão interessadas em aprender.

Um curso online só deve ser produzido se for para ajudar as pessoas… se for feito para ajudar alguém a resolver um problema… lembre que ninguém entra na internet prá procurar problemas… as pessoas que vem prá cá, vem para achar soluções.

E aí já entra um outro elemento do planejamento… quantas pessoas estão interessadas no seu conhecimento? Quantas pessoas você pode ajudar com o seu conhecimento? Existe um público precisando do que você quer ensinar… e qual é o tamanho desse público?

E como é que este público que precisa do seu conhecimento vai te encontrar?

Essas perguntas tem que ser respondidas no seu planejamento.

É preciso que você verifique tudo isto antes de começar a produzir seu curso.

Existem ainda outras perguntas que devem ser feitas durante o seu planejamento… você vai precisar comprar um domínio? Vai precisar alugar uma hospedagem? Vai precisar de um site, um blog, um canal no Youtube? Tudo isto deve ser definido no planejamento, antes de começar…

A Produção do seu curso… esta é a segunda etapa da metodologia…

Onde você vai gravar suas videoaulas? Você tem espaço físico na sua casa ou escritório para sequestrar um pedaço, e montar seu estúdio de gravação?

Claro que eu não estou falando aqui de um estúdio profissional, longe disso… eu falo de um lugar que possa ficar disponível, com toda a tralha montada prá gravar as aulas.

Ou não precisa? Precisar não precisa, mas se tiver condições de montar… monte… vai ser uma mão na roda na hora de gravar.

E com qual câmera você vai gravar? Se você não tem ou não quer comprar uma câmera, comece com a que você já tem na mão… o seu celular.

Prá começar já está bom demais (veja que eu estou falando de um smartfone relativamente recente… ele tem que gravar, no mínimo, em HD – 1280 x 720 pixels), dá uma olhada nas configurações do seu celular prá ver se ele serve… se servir, ótimo, comece com ele.

Depois você pensa em comprar uma webcam boa, que já ajuda bastante… e mais tarde você pensa nas máquinas DSLR, que são a febre dos youtubers, e que vem sendo muito utilizada na produção de vídeos.

Tem que pensar também no microfone… um item desprezado por muitos produtores de vídeos que estão espalhados por aí.

Pode ter certeza que a parte mais importante do seu vídeo é o áudio… como assim?

É que você consegue assistir um filme que o vídeo não esteja lá essas coisas, se conseguir entender o que está sendo dito… o áudio dele. Mas você não vai entender um vídeo que está com uma imagem ótima, mas que não consegue compreender o que o cara está falando.

A mensagem é passada pelo áudio (estou falando de forma genérica, ok… tem vídeos em que o áudio não é importante, mas isto é feito propositalmente).

Cuide do áudio do seu vídeo… se não, arrisca seu aluno desistir de assistir as aulas.

E para isto você precisa de um microfone que não seja o do celular, ou da câmera ou do computador… o áudio não vai ficar legal.

Pense na compra de um microfone de lapela, ou de um fone de ouvido com microfone integrado, ou de um microfone de mesa… enfim… avalie seriamente a possibilidade de ter um microfone externo.

Outro item importante na produção de videoaulas é a iluminação.

Parece bobagem, mas não é… nós só conseguimos enxergar se tiver luz iluminando o ambiente… a mesma coisa acontece com o filme… a câmera só consegue capturar a imagem se ela estiver iluminada…

Indo um pouco mais longe… o vídeo ou a aula será mais atraente se estiver com uma boa imagem, nítida, clara… sem muitas sombras ou com pouca luz… é mais uma coisa prá pensar durante a produção de suas videoaulas.

Mais uma coisa que muita gente não dá bola: o roteiro!

Seja uma folha de papel com os principais tópicos que você vai falar no vídeo, ou um script completo, com todas as falas que serão lidas durante a gravação, não deixe de se acostumar a roteirizar seu curso. É possível fazer um filme ruim com um bom roteiro, mas fazer um filme ótimo com um roteiro ruim é quase impossível.

Na próxima aula vou falar um pouco mais sobre roteiro… e também vou falar sobre a gravação e edição dos seus vídeos, então não vou falar disto aqui.

Depois de produzir as aulas… roteirizar, gravar e editar, é preciso colocar os vídeos em algum lugar, para que as pessoas possam assistir… é a publicação, próxima etapa da metodologia.

Existem várias plataformas que fazem isto prá você… plataformas de áudio, de vídeo, de curso… plataformas que divulgam e vendem seu curso.

Vou aqui só citar algumas… se ainda não conhece, e tiver curiosidade, dá uma pesquisada no google e confere como isto funciona.

Você pode hospedar suas aulas dentro do seu próprio domínio, se tiver um blog, por exemplo… ou você pode hospedar seus vídeos em uma plataforma de vídeos, como o Youtube, o Vimeo ou a Sambavídeos, ou qualquer outra.

Você pode hospedar suas aulas em uma plataformas de cursos que também hospede os vídeos (como a Udemy, por exemplo)… ou colocar os vídeos numa plataforma de vídeo… e o curso em outra plataforma.

E falando de plataformas, vou aproveitar e já falar das plataformas de divulgação e venda de infoprodutos (o curso online é um infoproduto, ou seja um produto digital de informação), que fazem parte das 2 últimas etapas da metodologia de criação de cursos que utilizo.

Tem a Hotmart, a Monetizze, a Eduzz e algumas outras plataformas que te ajudam a divulgar e vender seu curso… e tem a Udemy que também ajuda a promover e vender seu curso.

Beleza?

Sei que foi muito rápido e muito por alto, mas a ideia era esta mesmo… uma pequena introdução à criação de cursos.

Se quiser aprofundar, você pode assistir a aula completa neste link e, se gostar, pode assistir o curso completo na página da Udemy.

Bom, ficamos por aqui… no próximo artigo, vamos falar da gravação de suas videoaulas.

Quer ver o que tem no Criar Curso?Pegue o e-book com o resumo do curso...                 É de graça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *